Artrose no Joelho

A artrose é uma doença que compromete a cartilagem que recobre as extremidades dos ossos, mas que também danifica outros componentes articulares como os ligamentos, a membrana e o líquido sinovial, causando dor e desconforto. Geralmente, acometem pessoas com mais de 65 anos e mulheres, que apresentam estrutura óssea mais fraca em comparação ao sexo masculino.

A dor é o primeiro sinal e se acentua com a pratica de atividades físicas, como subir ou descer escadas e esportes com impacto. O EDEMA (inchaço) é o segundo sintoma conhecido pelo processo inflamatório da membrana que recobre a articulação do joelho. A perda progressiva do movimento, impedindo o paciente de andar, pode ser mais um sinal de que há uma deformidade do membro inferior, caracterizando assim o terceiro sintoma.

O diagnóstico da artrose é feito através da avaliação clínica individualizada de cada paciente, além de exames como a radiografia, ressonância magnética, tomografia computadorizada e/ou ultrassom. A união da avaliação clínica especializada e alguns exames de imagem são indispensáveis para o diagnóstico preciso da doença. O tratamento da artrose tem como objetivo aliviar a dor, o inchaço e a dificuldade em andar. Em alguns casos é necessária a intervenção cirúrgica. A recuperação poderá ser feita com fisioterapia e hidroterapia.

A doença é responsável pela terceira maior causa de afastamento de trabalho no Brasil, atrás apenas das dores nas costas e da depressão, segundo dados da Previdência Social. Além disso, o Ministério da Saúde afirma que a artrose atinge, atualmente, 15 milhões de pessoas no país. No mundo, ela é a quarta enfermidade que mais reduz a qualidade de vida, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

No vídeo abaixo o cirurgião de joelho, Dr. Breno Pinho, fala um pouco mais sobre a doença.

Clique e assista:


Dr. Breno Almeida de Pinho Tavares
Cirurgia do joelho
CRM/MG 54400